outubro 19, 2018

Nóstrágico

NósTrágico

Nem sei se ainda devia te escrever, visto que você nunca lê, se lê, não me compreende. Talvez tenha sido eu incompreensivel em meus atos, e/ou julgado mal pelo que eu digo ou faço. Você não ouve minha voz.
Acreditava que eramos nós, mas não existe nós estando só. Você decidiu nunca desistir, mas devia ter insistido mais em.
O problema em você pode ser que era eu, creio que está tudo no lugar, ainda falta um pedaço bem grande em mim, joguei a sorte no amor real, saiu azar na ilusão. E só.
Nada que eu disse e fiz, mudou a sua decisão, você estava preparada.
Eu não.
Mentira é prejudicial, tempo cura a dor mas não apaga a lembrança, e eu me lembro bem. Parece que foi ontem, doloroso encontrar em minhas coisas algo teu.
Ainda bem você buscou "quase tudo", me dizia tanto que eu era só teu, deve se esqueceu. Eu acreditava em tudo que disse. E por mais diferentes que fosse-mos um do outro, deveríamos honrar aquela frase "tudo suporta, tudo crê", suporta nada, inssuportável.
Deixei você livre como queria, você voltou e eu te aceitei. Errado? Eu te escolheria 1Milhão de vezes, na primeira oportunidade você jogou tudo fora.
Imagino que tenha encontrado o algo melhor que você tanto procura, bem, se encontrou não sei. Mas imagino que já procurava isso em outro alguém enquanto estavamos
nós. Na verdade eu estava sozinho. Você só visitava minha vida.
Amigo e amor, tentei ser, mas na falta do amor, nenhum dos dois.
Negativo, porque a vida me fez assim, cansado de refletir na voz do silêncio e procurar o rosto na escuridão.
Triste por ter contribuído com um um ponto final. Sem continuação...
Alegre por ter me libertado dessa farça, amor não é assim; acredito que tudo acontece por um motivo. Tipo esse texto, eu estava sem o que fazer, sem internet, sem você e sem sono; mesmo se você ler só a primeira letra de cada paragrafo significa que alcançamos um progresso e você vai poder entender minha mensagem. Se depois tiver vontade de me procurar... NAO NEM ADIANTA